Tuesday, October 24, 2006

Mare Nostrum




É uma "coisa" viva, um mundo pertencente a tutti quanti que dá o cognome ao corpo celeste em que vivemos - Planeta Azul. A essa "coisa" devemos quase tudo, embora muitas das vezes não tenhamos disso consciência.
A hidroesfera que nos cerca é hiper eclética em termos biológicos. A biodiversidade é reinventada todos os dias. É o elo fundamental do ecosistema global. E quantas vezes fazemos dele um mero depósito de dejectos civilizacionais, um mega recreio disfuncional onde exploramos a biomassa até à exautão, onde o cruzamos nas nossas viagens intercontinentais, como se fosse uma mera auto estrada sem portagem...
Existem limites de sustentabilidade que se não forem observados irão por em causa a nossa sobrevivência futura como espécie dominante. Podemos até evoluir "darwinisticamente" para qualquer coisa acéfala, invertebrada, sem consciência de nós próprios, mas se atingirmos tal estado não seremos mais humanos, seremos outra coisa, regressaremos eventualmente ao seio original, ao começo do fim ou a um reinicio, como se Deus fizesse um "reboot"...
Mare Nostrum

6 comments:

Miudaaa said...

Que Booommm!!!
Estares de regresso...!!!

Depois de ler o teu testemunho, faboluso, lembrei-me que encontrei a razão principal, pela qual habitualmente digo, que muito embora não consiga controlar tudo o que me acontece, teria grande dificuldade de viver longe do Mar,,, longe dos longos namoros... que o facto de sempre ter vivido em Lisboa me fez amar desde miudaaa o Mare Nostrum...

Obrigada.

1 beijo da miudaaa

Miudaaa said...

*desde muitooo miudaaa, porque miudaaa ainda o SOU...

Frioleiras said...

Lindas
as imagens (visíveis...),
as imagens (das palavras ...)

BroTTas said...

quero ir para esse paraiso...

Robin dos Bosques said...

Lindo!

Mar said...

Quanto aos limites da sustentabilidade, Mr Pirata está certo. Gaia está no limite.. naum aguenta mais. James Lovelock está certo? -Penso que sim! -Então.. não há mais volta. Mas.. a humanidade deveria se unir para desafiar o grande desafio e salvar a mãe Terra. -Pena.. que isso seja utopia. Parabéns mais uma vez pelo teu blog.. é racional e incomoda os não ambientalistas e isso é bom.